Blog

Home  /  Dicas   /  Criar uma FanPage no Facebook vale a pena?

Criar uma FanPage no Facebook vale a pena?

Vejo que ainda hoje muitas pessoas se preocupam em como criar uma fanpage no Facebook e se esforçam muito para conseguirem likes e mais likes em suas páginas, mas… Será que realmente vale a pena ter uma página no Facebook? Antes de mais nada preciso contar uma história real que infelizmente aconteceu comigo há mais ou menos dois anos:

Como muitos já devem imaginar, eu trabalho e vivo 100% de internet já há muitos anos, comecei como blogueiro ainda muito novo. Acontece que em 2011 e 2012 percebi que ter uma fanpage realmente gerava muito tráfego para meus projetos, então comecei a investir cada vez mais no Facebook, em certo ponto cheguei a possuir mais de 10 milhões de likes na maior rede social do mundo. Agora você deve estar pensando que tudo funcionou bem e que hoje devo ter ainda mais likes, certo? ERRADO! Para a minha tristeza e tristeza de muitos blogueiros, o Facebook começou a excluir muitas e muitas páginas grandes SEM MOTIVO ALGUM… Resumindo, da noite para o dia eu e muitos amigos e conhecidos perdemos todas as nossas páginas.

Eu realmente havia dedicado muito tempo e dinheiro para que minhas páginas fossem relevantes o suficiente e crescerem bastante, porém o Facebook não quis nem saber, simplesmente baniu/deletou minhas páginas. Para piorar, depois de ter excluído milhares de fanpages, a maior rede social do mundo passou a reduzir cada vez mais o alcance das publicações. O que isso quer dizer? Simplesmente que cada vez mais, menos pessoas que curtiram sua página recebiam suas publicações.

Atualmente apenas 1% dos seus curtidores realmente recebem suas publicações, ou seja, se você possui uma fanpage com 100.000 likes, apenas e provavelmente bem menos do que 1.000 pessoas vão receber alguma imagem, vídeo, texto ou link que você publicar. Chega a ser ridículo!

Mas por que será que o Facebook fez isso?

A teoria mais aceita (eles negam completamente) é que a rede agiu dessa forma para obrigar que você gaste dinheiro para chegar até quem curtiu sua página. Sim, além de passar muito tempo REUNINDO pessoas que gostam do seu trabalho, agora você também precisará PAGAR para que suas publicações cheguem neles…

Muito esperto, você não acha? Pois é…

O que aprendi com tudo isso?

Que jamais devo voltar a focar minhas forças em “terra alugada”, ou seja, até posso ter páginas, canais no YouTube, Twitter, Tumblr, seja o que for… Mas preciso também possuir algo que seja realmente MEU! Lembre-se que cada uma dessas empresas possui seus interesses e que se mudarem suas estratégias, você ou será banido (como o Facebook fez e continua fazendo) ou terá que se adequar as novas regras. Além do Facebook, outros serviços já ferraram seus usuários algumas vezes, há um ou dois anos o Blogspot simplesmente começou a proibir que blogs adultos tivessem anúncios, sim, muitos blogueiros +18 da noite para o dia ficaram ser poder monetizar seus projetos… O YouTube também tirou a monetização e até excluiu canais pequenos, médios e grandes pois falavam de games, séries e filmes.

Entenda que você precisa ter um projeto SEU de verdade, ou seja, monte um blog em uma hospedagem SUA, paga por você, só assim você terá o controle para crescer sem surpresar desagradáveis.

Ter ou não uma fanpage no Facebook?

Atualmente eu possuo páginas no Facebook, mas praticamente não faço força alguma para que elas cresçam… A dica que você deve seguir é que é muito interessante e de certa forma positivo ter páginas, Twitter e canais no YouTube, mas você precisa “derramar” sua fama nessas plataformas para algo que é seu de verdade.

Resumindo: Tenha sim presença nessas redes, mas não foque sua atenção em apenas UM LUGAR, pois se as regras mudarem você simplesmente morrerá da noite para o dia. 🙂

Participe! Deixe seu comentário:
Post a comment